Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

domingo, 27 de maio de 2012

NO REINO DO LULA, TUDO PODE.

O ex-presidente Lula procurou o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes para tentar adiar o julgamento do mensalão. Em troca da ajuda, Lula ofereceu ao ministro, segundo reportagem da revista "Veja" publicada neste fim de semana, blindagem na CPI que investiga as relações do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com políticos e empresários.Fonte: Folha.

A imprensa já tinha noticiado antes de que a CPMI do Cachoeira tinha dedo do Lula e que foi criado para constranger o governador Marconi Perillo, seu desafeto por conta do mensalação.  Marconi Perillo afirmara na época da investigação do Mensalão, que o presidente Lula teria sido informado por ele Perillo sobre movimentação ilegal de recursos para compra de votos dos parlamentares da base de apoio.  

É bem provável que o processo mensalão não vai ao julgamento pelo STF, neste ano, conforme minha previsão, já comentado numa matéria anterior "Lula vai adiar mensalão para o ano que vem".  A tentativa de, uma verdadeira extorsão (sic meu) de um ministro do STF por si só daria um escândalo no reino da Elizabeth II, mas aqui no reino do Lula, nada acontece.  Passa batido.

Mendes confirmou hoje (26) à Folha o encontro com Lula e o teor da conversa revelada pela revista, mas não quis dar detalhes. "Fiquei perplexo com o comportamento e as insinuações despropositadas do presidente Lula", afirmou o ministro.O encontro aconteceu em 26 de abril no escritório de Nelson Jobim, ex-ministro do governo Lula e ex-integrante do Supremo.Fonte: Folha.

Igual perplexidade fico sobre a inconveniência de um ministro do STF estar presente no escritório particular do Nelsom Jobim, hoje na condição de um cidadão comum.  Condição de ter sido ex-ministro do Lula e membro do STF, não autoriza um ministro da mais alta Corte de Justiça do país, fazer visita, mesmo que a interlocução seja com um ex-presidente da República.  Além de tudo, a data mencionada é uma quinta-feira.  O que fazia o ministro no escritório particular do Nelson Jobim, num dia de expediente normal no STF?  O salário do ministro Gilmar Mendes do STF não é pago pelo contribuinte?  Ou no reino do Lula, tem casta que não segue às regras normais de um cidadão comum?

No reino do Lula, tudo pode! 

Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, foi prof. da UFPR.
Twitter: @sakamori10

4 comentários:

  1. É triste saber que estamos com estes problemas sobre nós. Além dos problemas normais de um país que tenta se desenvolver, precisamos enfrentar picuinhas políticas como esta. Em ex que não sabe se comportar como ex. Lembra de quando ele criticava FHC? "Eu vou saber me comportar como ex-presidente"... mentia descaradamente.

    ResponderExcluir
  2. CARO SAKAMORI

    O QUE ME IMPRESSIONA É VER BRASILEIROS DO SETOR PÚBLICO E PRIVADO ESTENDEREM TAPETES À HOMENS IMORAIS. SERÁ QUE AS VANTAGENS SUPERAM O PATRIOTISMO, A DECÊNCIA?
    ME ENTRISTECE VER TANTOS HIPÓCRITAS, COM DISCURSOS ILUSIONISTAS, ALIMENTANDO MENTIRAS E TRATANDO O POVO COMO ÍNDIOS NA ÉPOCA DA COLONIZAÇÃO!

    Marisa Cruz

    ResponderExcluir
  3. Forças ocultas deverão estar agindo livremente para o grande projeto da NOVA ORDEM MUNDIAL! Só o tempo mostrará a verdadeira razão de ser..

    Todos os que não querem se fazendo de cegos, enriquecendo e guiando os verdadeiramente cegos. ou para o abismo ou para a glória da Democracia nas 3 bases, ou pra a glória de Deus!

    Já temos muitos exemplos na história da humanidade que desejava e deseja simplesmente a LIBERDADE!

    Está sendo implantado no mundo O Partido Pirata que busca expansão mundial após sucesso na Alemanha‎
    Terra Brasil - 18 maio 2012
    Rickard Falkvinge está orgulhoso. De máquina fotográfica na mão e com o pin do Partido Pirata ao peito, o engenheiro de computação sueco ...

    Se vingar então eu acreditarei no que chamam de:
    Illuminati – Wikipédia, a enciclopédia livre
    pt.wikipedia.org/wiki/Illuminati
    Illuminati, (plural do latim illuminatus, "aquele que é iluminado"), é o nome dado a diversos grupos, alguns históricos outros modernos, reais ou fictícios.

    «Vamos ter uma nova ordem mundial muito em breve»‎
    Diário IOL - 17 maio 2012
    O ex-Presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas Diogo Freitas do Amaral considerou hoje que está para breve uma nova ordem ...

    Pelo que vemos no mundo as trocas de lado das ideologias e volta de radicais extremistas da direita e da esquerda nessa crise de + de 7 bilhões de viajantes da nave mãe, onde hoje demora 18 meses para regenerar o consumo de 1 anos (+ 50%)Insustentável!
    Hoje tem os que vivem no mundo de 4.5 bilhões (1º Mundo)Os que vivem no Mundo de 5,7 bilhões (2º mundo) e os que vivem um mundo de 9,5 bilhões (3º, 4º....10º mundo!

    Segundo li em escritos sobre os ILUMINATUS - Eles querem reduzir a Humanidade em 65%. Todas as obras Prontas: Os Edifícios, palácios, tribunais, Ministérios, Escolas, Universidades, os abrigos, as mansões, as fazendas etc... já estão prontos para os ILUMINADOS +- 121 mais os que ficam com 35% Cientistas, Engenheiros, professores, advogados, juristas, módicos etc. e com os profissionais preparados e mais nobres para a manutenção das suas propriedades! Não mais precisarão de escravos nem de assalariados na Base de 1 a 10 Salários Mínimos!
    Tudo será deles e para eles, os 35% que sobrarem...

    Se eles fossem homens de boa vontade, teriam feito muito antes um controle mundial da natalidade! Bem, mas as obras ainda não estavam todas prontas!
    Depois de 2016 bastará a manutenção em todas as Arenas que já existem no mundo! Faltava só uma na América Latina!

    Por isso os que esperam no Senhor, já acham que as promessas se cumprirão em pouco tempo! Os sinais apocalíticos estão todos mostrando a sua cara
    " O crente transcende a verdade da sua própria inteligência."
    Textos Cristãos

    ResponderExcluir
  4. O que fazia o ministro fora de Brasília, num dia de expediente normal no STF?

    Só uma correção amigo, o Escritorio do Jobim é em Brasilia.

    Abraço

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.