Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 26 de abril de 2014

Futebol, Política e religião não se discutem!! Verdade ou mentira?

Por Raphael Werneck

Diz a sabedoria popular brasileira que“futebol, política e religião não se discutem”.

O articulista Ronaldo Ribeiro escreveu em postagem feita no Portal Forum em 25de julho do ano passadoque esse dito  é batido, surrado e mentiroso e que dentre os três assuntos, , religião é o único que efetivamente não devemos discutir publicamente.

Quem está com a razão , o articulista ou a sabedoria pública?
Para chegarmos à solução dessa questão é necessário esclarecer preliminarmente que segundo podemos depreender dos diversos conceitos de alguns dicionários da língua portuguesa, discussão é o ato ou o efeito de discutir, ou seja, a ação de buscar a verdade dos fatosem relação a alguma coisa através da utilização de argumentos que  colocando  em dúvida o questionamento buscam na medida do possível o consenso sobre o objeto da questão discutida.

A razão de a sabedoria popular vir a dizer que“Política, futebol e religiãonão se discute”, a meu ver, foi motivada  pela  utilização  nestas discussões de violências verbais e às vezes até físicas pelas pessoas  que queriam a todo custo fazer prevalecer a sua verdade. Essa utilização errônea, veio, inclusive,a fazer com  que os dicionários colocassem entre os sinônimos de discussões os verbetes “altercações” e “bate-boca”.

A verdade que se busca numa discussão não é verdade de uma das partes e sim aconsensual, obtida do sadio debate sobre uma determinada questão.

Como disse no início desse artigo, entende o articulista a que me referi acima que religião é o único assunto que não devemos discutir publicamente . E porque não? Porque como este esclarece “o tabu é tamanho que essa ausência de debate se observa numa espécie de proteção ao crente: questioná-lo corresponde a um gesto de ofensa. O não questionamento fica igualado a educação, polidez, aceitação. Aquele que questiona deve engolir: O crente crê porque crê. E ele tem esse direito. Ponto final.”

A meu ver, o futebol, também não deve ser objeto de discussão, porque o torcedor em sua paixãopelo seu clube do coração  age às vezes como um religioso vez que venera seu time como  se ela fosse uma santidade.

E quanto à política , pode ser discutida?

Entendo que não só pode como se deve discuti-la, , vez que como dizem, nos regimes democráticos,  a  política deve ser a atividade dos cidadãos que se ocupam dos assuntos públicos, tais como, o seu voto ou sua militância.

Quando o cidadão eleitor estiver discutindo a política e as eleições presidenciaisou governamentais de 2014, ele estará  no legítimo exercício da defesa de suas idéias, debatendo o destino de seu País, e o seu próprio destino.

Esta discussão irá servir para que os debatedores se alinhem, em relação às idéias e ações boas e más tomadas tanto no presente, como no passado , pelos diversos candidatos participantes do processo eleitoral e escolhamentre estes  aquele  que  irá gerir nos próximos 4 anos o destino do Brasil .

É necessário que o eleitor discuta e rediscuta tudo que estiver sendo divulgado a respeito dos diversos candidatos envolvidos nospleitos e, , procure se informar se  o fato divulgado  é Verdadeiro.

É necessário, ainda, que o eleitor nessas discussõestenha o Senso Crítico de separar as infâmias espalhadas por dossiês falsos  encomendados pela Situação ou pela Oposição   contra aqueles que estão concorrendo  à presidência ou ao governo de seu Estado .ou se ele não é mais um ardilutilizado para mascarar a verdade e desestabilizá-los. Mas como este aspecto é muito amploque o analisaremos em outra oportunidade.“

Recomendo que reflitam sobre o que foi dito neste artigo e Votem Consciente, pois, o Brasil espera, como bem diz o nosso hino” que nenhum de seus filhos fuja à luta”!


Acorda Brasil Antes que seja Tarde !!

Raphael Werneck

@Werneck_Raphael



Um comentário:

  1. Parabéns pelo belo artigo. Matéria de extrema relevância trazida para o nosso conhecimento e apreciação. E concordo plenamente com a opinião externada no artigo. Nada deve ficar imune a discussão, uma vez que só através do debate poderemos entender melhor determinadas questões. Tudo deve ser discutido, seja política, seja religião, seja futebol, ou qualquer outra coisa. Democracia é para isso mesmo. Se alguém desejar conhecer o nosso blog, acesse: www.ideiasefatostucujus.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.