Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 3 de maio de 2014

Bolsa de apostas. Dilma não ganhará eleições!

O Ibovespa subiu 2,62%, a 52.980 pontos, maior patamar de fechamento desde 19 novembro de 2013. Na semana, a alta foi de 3,08%. "Há boatos de que essa pesquisa vai mostrar uma pontuação bem forte para o Aécio Neves", disse o operador Thiago Montenegro, da Quantitas Asset Management, referindo-se ao candidato da oposição que mais se aproxima nas pesquisas da presidente Dilma Rousseff, criticada pelo mercado pela intervenção considerada excessiva nas estatais. Fonte: Estadão, ontem.


O mercado de ações ou as bolsas em geral sobem ou descem conforme a expectativa do cenário econômico do futuro.  Os índices de bolsas antecipam os fatos que poderão vir.  As bolsas são uma espécie de balcão de apostas, muito semelhante a qualquer apostas.  A diferença é que as apostas se referem ao desempenho de cada Companhia no novo cenário esperado.  

Desde o início deste ano, o mercado financeiro, começaram a trabalhar com a expectativa da derrota da presidente Dilma nas eleições de 2014.  O mercado não vê com bons olhos tudo aquilo que venho criticando neste blog.  O mercado considera o PT muito intervencionista na economia, sobretudo no mandato da presidente Dilma.  


A Dilma vem errando feio na política econômica (sic).  Herdou o plano emergencial do Lula, montado para sair da crise financeira mundial de 2008 e nada mudou.  O plano emergencial, sempre, teria que ter o prazo de validade. Dilma pecou ao, simplesmente, estender o prazo de validade do plano emergencial.  Venho denunciando o fato desde 15 de fevereiro de 2012, data do início deste blog.

Não foi nada fácil para mim, com a popularidade da Dilma em 77% de aprovação, tecer críticas contundentes sobre a sua política econômica (sic).  Não foi fácil fazer os leitores meus entenderem o erro sistêmico da política econômica baseada em intervenção no câmbio, utilização de Petrobras e Eletrobras como instrumentos de política econômica e sobretudo com a política de expansão da base monetária.

Agora, com a popularidade da Dilma em queda, bem abaixo dos 40%, animou os agentes econômicos e analistas de mercado a fazerem coro comigo.  A política econômica da presidente Dilma está errada.  Dilma, priorizou a "sensação de bem estar" da população a qualquer custo.  Dilma queria e quer ganhar eleições a todo custo.  Só que a política econômica equivocada começou a fazer água, justamente no período que precede as eleições.

O mercado financeiro funciona como manada de boi.  Todos tomam atitudes semelhantes ao mesmo tempo, tanto na baixa ou na alta.  Importante analisar que, tecnicamente os investidores especulativos estão "zerando" a posição de "vendidos".   Zerado as posições, certamente, estes mesmos especuladores vão procurar ficar na posição de "comprados", para não perder o rali de alta.


Curiosamente, é assim que funciona o mercado de apostas no campo político.  Igual, igual.  Os eleitores estavam há 2 anos em posição "comprados" com a Dilma.  Com queda da popularidade, os apostadores da Dilma estão "zerando" as posições.  Os eleitores, muitos, estão trocando de posição Dilma para "vendidos".  Com mais de 50 anos, assistindo as sucessivas eleições em diversos níveis da federação, as eleições funcionam exatamente como as bolsas. 


Os eleitores, sobretudo camada de população que são formadores de opinião, não querem ficar fora do rali de alta dos candidatos de oposição.  A essa altura muitos destes, no mínimo, estão "zerando" posição Dilma.  Não tardará para ficar na posição de "vendidos" em Dilma.  Estão à procurar a esta altura em qual dos candidatos, Aécio ou Eduardo Campos, para ficar na posição de "comprados".  



Uma coisa é certa. No rali das eleições, a Dilma é perdedora e os candidatos da oposição, Aécio Neves ou Eduardo Campos são os ganhadores desta corrida maluca que é eleição.  A esta altura dos acontecimento, 6 meses antes das eleições, a minha visão aponta para disputado do segundo turno, entre Aécio Neves, PSDB e Eduardo Campos, PSB.  

Dilma não ganhará eleições!

Ossami Sakamori
@SakaSakamori





6 comentários:

  1. Saka, concordo contigo!
    A Dilma está despencando nas avaliações, mesmo usando toda a máquina de propaganda a seu favor.
    Segundo turno: Aécio X Eduardo Campos.
    Abs.
    Mauro

    ResponderExcluir
  2. Intervencionismo à brasileira e vindo do PT, pra mim é sinonimo de imbusteirismo e Saqueadourismo, essa gente sabe o que é contribuição marginal e limitações na capacidade de produção, Fluxo de caixa, TIR ...???
    Os poderosos do Brasil não vã custear a campanha dela, a derrota já começa por aí! O partido não tá tão gordinho como antes! Torço pela derrota dessa praga! Sinhtia Dahs

    ResponderExcluir
  3. Outro ANONIMO falando o óbvio:
    Parem de espernear,porque as URNAS ELETRONICAS(como antes) já estão sendo programadas para a PERPETUAÇÃO DOS MESMOS.Torçam apenas para que as cores verde e amarela não fiquem VERMELHA (o que também já está programado).O resto é conversa fiada para fazer boi dormir (votem no João e o voto vai para o Paulo). ACORDA BRASIL.

    ResponderExcluir
  4. Ontem o globo repórter já deu a primeira estocada,mostrando ao Brasil,a herança maldita do pt,fome e miséria!se as TVs abertas continuarem mostrando essas calamidades,a mentira da erradicação da miséria vai cair!talvez dessa vez,a propaganda politica possa realmente mostrar a verdade sobre o Brasil,basta mostrar para os beneficiários do bolsa familia,ke eles vivem em uma bolsa de mentiras e enganações, e ke as coisas estão bem ruins e podem piorar!

    ResponderExcluir
  5. Para o BEM do Brasil Deus te ouça e não nos abandone. Aécio !

    ResponderExcluir
  6. Senhor Sakamori

    Mesmo que a popularidade da dilma estivesse em queda bem abaixo dos 10% ou 5%, a vitória seria dela, sabe por quê?

    1- O nordeste e o norte que recebem a Bolsa Familia e outros beneficios sociais, dão-lhe a vitoria.
    2- O ministro dias toffoli, o tal que nem juiz è mas sim que era advogado do PT, escolhido por lula, foi eleito em 08 de abril para ocupar a Presidência do TSE onde tomará posse em 14 de maio, portanto este mês substituindo o ministro marco aurélio.
    3- Logo, a partir de 14 de maio, serão dadas ordens para que as urnas eletrônicas dêm a vitória ou à dilma ou ao lula, o que for candidato.

    Portanto, não tenhamos ilusões sobre sua vitória!

    E não estou sendo cinico, mas simplesmente realista.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.