Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 21 de maio de 2014

JBS/Friboi. Mais uma maracutaia à vista!

A JBS Foods, unidade de alimentos processados da JBS, pediu registro para uma oferta inicial de ações, a primeira de uma empresa brasileira em 2014, que pode movimentar cerca de R$ 5 bilhões, segundo Reuters. As informações consta do fato relevante. A JBS Foods teve receita líquida de R$ 2,8 bilhões no primeiro trimestre deste ano.

Segundo informações do mercado, a única oferta de ações no mercado, subsequente, foi da Oi Telecomunicações em função da fusão da empresa com a Portugal Telecom, num montante de R$ 15 bilhões.  As empresas como a Azul, Votorantim Cimentos, Ouro Verde e Unidas desistiram de realizar os IPOs na Bovespa este ano, em função do momento em que há desconfiança dos investidores em relação ao cenário macro-econômico brasileiro.

O que é que vejo no lançamento de ações, IPO, da JBS Foods?  Não seria nada estranho que o lançamento das ações fosse feito pela empresa sadia, sem trocadilho com Sadia que foi absorvido pela Perdigão, hoje Brasil Foods.  Pois o grupo JBS/Friboi não se inclui neste rol de empresas sadias.  Isto, até engraxate da BMFBovespa sabe disso.  

O grupo JBS/Friboi, deve ao sistema bancário R$ 30 bilhões sendo a maior parte destes débitos junto ao BNDES e bancos oficiais.  Isto para uma empresa cujo Patrimônio Líquido consolidado, descontado ativos intangíveis, de cerca de R$ 8 bilhões é totalmente fora dos padrões normais de endividamento.  Além destes débitos, o grupo JBS/Friboi conta com participação acionária do BNDESpar em montantes expressivos, correndo risco junto com os demais investidores.

Quem vive o dia e dia do mercado financeiro, desde 1971, ora participando como investidor, ora participando como operador do mercaod, vejo o desmembramento do JBS Foods da quase quebrada JBS/Friboi tem, pelo menos, dois motivos.

O primeiro motivo é de separar a parte boa do JBS/Friboi para uma eventual quebra da parte podre.  Como aquela operação da separação da parte boa e parte podre da VARIG. Como vocês sabem, a parte boa da VARIG foi vendido para o Constantino de Oliveira para tornar realidade a Gol Linhas Aéreas.  Bem, a parte ruim da VARIG, vocês já sabem que rumo tomou, prejuízo total para os acionistas e funcionários.

O segundo motivo é levantar cerca de R$ 10 bilhões em dinheiro novo do BNDES, quer seja em forma de financiamento ou em forma de participações.  Lançar ações novas, num momento econômico que todas empresas estão cancelando as emissões de IPOs, leva a crer que há indícios fortes de que venham acontecer pelo menos um destes motivos ou catastroficamente ambos motivos.  

Muito "oba-oba", num momento que todas empresas brasileiras estão com um pé ou melhor dois pés atrás, só podemos tirar conclusão que acabo de mencionar acima. Com certeza, esta operação tem aval dos presidentes Lula & Dilma, já que será, com certeza operação casada com o BNDES.  Viro mico, se não tiver participação do BNDES!

Isto tudo reforça a tese de que o grupo JBS/Friboi será um dos maiores financiadores da campanha da reeleição da Dilma, sobretudo em forma de Caixa 2.  Segundo Tuma Júnior, ex-delegado de Polícia Civil, a JBS/Friboi é maior lavanderia de dinheiro da América Latina.

Crédito da foto: UOL

Apenas, quero lembrar que numa eventual quebra do JBS/Friboi, a parte podre, será dos contribuintes, já que maior parte dos financiamentos são devidos aos bancos oficiais.  Sabe-se, também, que o grupo JBS/friboi deve muitos R$ bilhões em impostos, também. 

Ossami Sakamori
@SakaSakamori


2 comentários:

  1. O mais tem no Brasil é empresa que deve Imposto... Eu já vi este filme, de empresário que aparece muito na mídia, se envolve com artista, jornalista e etc... O Eike ainda está fresquinho em nossa memória, nê... Existe ainda muita coisa podre pra rolar, temos também as empresas aéreas, logo, logo vamos ver escândalos brabos envolvendo a Gol, a Tam... O Brasil é uma grande lavanderia onde se lava mais branco... Agora, espero que a hora da Globo chegue logo. Espero pelos próximos capítulos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém desarma o circo.
      A única lavanderia que lava essa lona é a que está aí:impunidade,aconchavos,acertos e o Brasil (principalmente os brasileiros) que se f...(filiem ao capeta).

      Excluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.