Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Petrobras, o pior momento!



A Petrobras pretende vender os ativos bons, filé mignon, das áreas terrestres de exploração em Alagoas, Bahia, Rio Grande do Norte e Sergipe. Segundo os estudos da diretoria de Exploração e Produção, o plano de desmobilização faz parte da estratégia de vender até US$ 14,4 bilhões destes ativos. É como vender almoço para poder jantar ou vender carne para ficar com o osso. Triste fim, de uma empresa que um dia foi "orgulho nacional". 

Se atual conjuntura de preço de petróleo continuar em baixa, aos níveis de preços inviáveis para exploração dos campos de "pré-sal", a reserva de caixa da Petrobras só daria para manter a Companhia até o final deste ano. A venda de ativo, avaliado na cotação de dólar a R$ 4, corresponderia a cerca de R$ 58 bilhões, traria reforço no caixa da Companhia para manter-se de pé, com muito sacrifício, até o final de 2017.

Em matéria de 10/01/2016, este blog publicou a matéria com o título Petrobras está falida! , onde demonstra claramente a real situação patrimonial da Companhia. Se o preço internacional de petróleo não voltar aos níveis de US$ 60 o barril, a Petrobras está fadada a ficar com endividamento de US$ 130 bilhões no passivo e um "monte" de esqueletos no ativo. Petrobras só é viável com "imobilizados" ocultos.



A declaração do presidente da Petrobras Aldemir Bendini prestada à imprensa no dia de hoje: "É um dos grandes diferenciais da Petrobras, pelo seu custo de produção de US$ 8", se referindo à exploração do "pré-sal", chega a ser ridículo. O corpo técnico da própria Petrobras afirmam que a média do custo do "pré-sal" é de US$ 50 o barril. A exploração do "pré-sal" só está sendo viável porque a Petrobras tem o monopólio e pratica preço dos combustíveis na "bomba", o mesmo de quando o petróleo no mercado internacional estava a US$ 90 o barril. 

Por outro lado, a Polícia Federal, após operação Triplo X, declarou à imprensa que a Petrobras foi saqueado em R$ 43 bilhões, em esquema de "propinas", para saciar a facção criminosa que tomou conta do Palácio do Planalto. Esta última afirmação é da minha conta. E vou mais longe ainda, a ladroagem na Petrobras sempre esteve sob o comando do Lula da Silva e Dilma Rousseff. Só não enxerga quem não quer. Veja na foto, a gangue da Petrobras!



Seja como for, sempre tem otários que continuam acreditando na recuperação da Petrobras. Continuam comprando Petrobras PN nos níveis de R$ 4. Fazer o que? 

Ossami Sakamori












Japa_Saka




4 comentários:

  1. Esse amigo da Valdirene já é figurinha carimbada nas instituições bancárias.
    Por isso mereceu a promoção de aposentar com 62 mil reais sem ter contribuído para tanto, e ainda receber milhares de reais nessa nova bocada.
    Vai Brasil! Mostra sua cara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa Anta é petista de carteirinha

      Excluir
  2. Esta notícia é fraude!

    "Petrobras tem campos já amortizados para suportar até 3 anos de petróleo barato, diz conselheiro

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras tem um estoque de campos de petróleo com investimentos já amortizados que permitem a ela suportar por mais dois ou três anos um cenário de baixos preços da commodity, estimou nesta sexta-feira o membro do Conselho de Administração da companhia Segen Estefen, um dos representantes do governo federal no colegiado.

    Esse estoque de campos daria suporte financeiro à empresa e, segundo o conselheiro, compensaria campos com custo de produção mais elevado."

    http://br.reuters.com/article/topNews/idBRKCN0V71XS

    ResponderExcluir
  3. O ministro da defesa do glorioso PC do B, aldo rebelo, mais o general villas bôas, comandante do glorioso exército, mais o senador aluízio nunes, que antes havia sido motorista de carlos marighella, mandaram que o General Hamilton Mourão do Comando Militar do Sul fosse tomar no cu e ele foi sem reclamar nem sequer titubar e saiu correndo para cumprir a ordem do PC do B.

    Isso são generais? Bons para combater mosquitos com munição 7,62? Só pode!

    "E o General Mourão amarelou?

    A troca de comando, sem qualquer protesto ou reação, no Comando Militar do Sul, dia 26 de janeiro, sem dúvida deixou muita gente frustrada, dentre eles, não escondo, eu mesmo. O General Hamilton Mourão, que era, até essa data, o Comandante do Exército nessa Região, virou manchete nacional e motivo de muita discussão quando disse umas verdades que não foram toleradas por algumas lideranças políticas de esquerda, que rapidamente acionaram o Ministro da Defesa, Aldo Rebelo, que por sua vez determinou ao seu “mandalete”, General Villas Bôas, Comandante do Exército, a punição exemplar e afastamento do Comandante do SUL.

    Villas Bôas nem titubeou e saiu correndo para cumprir a ordem do “chefe”, que por seu turno havia sido “sensibilizado” pelo senador Aluízio Nunes, que antes havia sido motorista de Carlos Marighella, conhecido terrorista que combateu o Regime Militar, em atitude nada digna de um general de exército em qualquer parte do mundo, desde que dotado, evidentemente, de alguma vergonha na cara. Preferiu os políticos, desprezando os direitos, inclusive, de falar, dos seus generais e demais comandados.

    O Ilustre General Mourão estava se impondo como uma nova liderança política, apesar de nunca ter sido esse o objetivo das suas manifestações, questionadas pelo Governo, mesmo por que isso nem seria próprio ao estilo da sua personalidade forjada na caserna, longe daquela lama imunda por onde trafegam os políticos.

    (...)"

    http://www.alertatotal.net/2016/01/e-o-general-mourao-amarelou.html

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.